24 de maio de 2010

expertise

Tenho praticado uma modalidade especial de lasanha nos últimos tempos, um tipo sem massa que achei em algum site como o panelinha, se não no próprio.

É razoavelmente rápida de se fazer, mas o que mais me agrada nela é que é leve e posso comer metade da forma sem culpa. Ainda mais agora nesses tempos sem academia, num outono chuvoso e quase num inferno astral. Essa deve ser a quarta vez que faço ela, e sempre invento de incrementar uns temperos a mais. Ó só:


1 berinjela grande
1 abobrinha grande
2 cenouras grandes

As cenouras eu corto longitudinalmente e coloco em água fervente pra amolecerem um pouquinho. Coisa de dois minutos, assim. A berinjela e a abobrinha são cortadas em rodelas e seladas em uma frigideira grande. Se não tiver teflon, um pouco de azeite de oliva resolve o problema.


2 dentes de alho
1 cebola média
1 lata de molho de tomate
1 lata de tomates pelados
manjericão e sal

Molho de tomate é sempre bom, e eu sempre faço igual porque sou viciada. Chego a tomar de colher. Refogo a cebola com uma pitada de sal e acrescento o alho até ficarem macios. Aí entraram as latas de tomate, e após a fervura, o manjericão.


400g de ricota
leite, orégano e pimenta branca

Aqui, tudo o que se precisa é de um liquidificador e uma colher. Não sei a medida exata do leite, mas depois da ricota picada dentro do liquidificador, sempre tapo uns dois terços do volume de queijo. O importante é que depois de batido fique um creme homogêneo. Aí sim que vão o orégano e uma pitada de pimenta branca.

Agora vem a parte mais divertida: montar a lasanha. É como um quebra-cabeças dos três legumes. A cada camada, vai um dos molhos, e a última é a de tomate, que eu joguei um queijo ralado por cima. Fica uma meia hora no forno, nem cinco minutos na forma.



Fotos pelo meu cobaia preferido.




E ainda tivemos a pachorra de fazer esse sorvete de milho (receita da minha mãe) e passar a tarde comendo.



1 lata de milho verde
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
duas medidas de lata de leite

A lata de milho e uma medida de leite são batidas no liquidificador e coadas. Despreze o bagaço. O líquido volta para o liquidificador com mais uma medida de leite e as latas de leite condensado e creme de leite. Bater o líquido até ficar homogêneo e voilà, agora é só arranjar uma travessa e achar um lugar no congelador.

2 comentários:

  1. Umm, parece uma delícia Flávia! Eu já tinha comido uma versão que eram duas lasanhas, uma com beringela e uma com abobrinha. Uma com molho vermelho e outra com branco. Mas a sua mistura parece melhor! E sem carne ainda, adorei! ; )

    ResponderExcluir