13 de janeiro de 2012

no chile II: dulce de membrillo

membrillo congelado
Quando comprei a passagem para o Chile, eu tinha certeza de duas coisas:
1) que eu queimaria minha cara;
2) que eu me entupiria de dulce de membrillo.
E minhas suspeitas estavam corretas.

Membrillo é a marmelada chilena e, como todo doce, é fruta e açúcar. Só que eu nunca tinha comido marmelada – nem visto um marmelo – até descobrir que é exatamente o mesmo. Todo o meu orgulho caipira se esvaiu. Não passo de uma mocinha da cidade.

A primeira vez que eu comi dulce de membrillo eu me atraquei ferozmente e quase engoli o prato junto, o que resultou em protestos do restante da mesa (porque era marmelada da vó do Chile-namorado, a coisa era emocional). Daí a necessidade de comprar um quilo de dulce nesta minha ida ao Chile-país.


el dulce
Em Huasco, na região do Atacama, fomos comprar doce em uma cooperativa de mulheres que tem sua sede em uma escola próxima de Los Guindos (onde fica a fazenda do avô do Chile-namorado), e vende a CLP 1800/quilo. Isso dá mais ou menos R$ 7/quilo. A cooperativa se chama Larenfrut del Huasco e funciona como uma microempresa, com regras sanitárias, obrigatoriedade do uniforme, kit higiênico pessoal e dois freezers com fruta congelada. Elas também fazem pan de pascua (o panetone chileno que eu não fotografei nem escrevi sobre... sorry) e outros doces, como o de alcayota, mais fibroso e clarinho.

desenformando quilos e mais quilos de membrillo

Nenhum comentário:

Postar um comentário