3 de julho de 2012

declaração de amor próprio: cogumelos paris salteados



Fungos, vocês são incríveis. E os cogumelos, frutificações dos fungos, são multifuncionais. Há cogumelos para tudo: comestível, alucinógeno, mortal, nome de banda, etc. Juntos eles formam micélios, que são um exemplo de estrutura orgânica simples e funcional. É lindo. Eles têm até um reino próprio: o Reino Fungi. O negócio merece nosso respeito.

(Só o cogumelo da bomba atômica não presta. Mas isso já é outro papo.)

Ultimamente eu ando menos azeda. Eu até poderia mudar o nome do blog, mas daí que graça teria? Daqui a pouco eu volto ao normal, apesar de preferir as coisas assim. Mas vamos ao segundo amor do post: o centro de Curitiba.



É de conhecimento geral da nação que eu amo qualquer coisa que seja plantada. Não é à toa que peço pizza vegetariana: quanto mais plantas no prato, mais feliz eu fico. E não é que calhou de eu morar do lado de um sacolão ótimo chamado (preparem-se) Bronco Billi? Fico felicíssima quando é dia de comprar verdura.

Essa é pra Flora: não podemos esquecer que Clint Eastwood também é amado. Aplausos!

Foi o que rolou hoje. E a melhor coisa do Bronco Billi é que todo dia tem cogumelo paris fresco. Daí aproveitei pra reinventar um salteado que comi lá no Chile-país.

Infelizmente esse pimentão vermelho estava estragado. Não conferi direito na hora e o salteado acabou ficando desfalcado de cor

uma colher de sopa de manteiga
300g de cogumelos paris fatiados
1/4 de cebola roxa em fatias finas
um dente de alho fatiado
pimentão verde e pimentão amarelo
sal e pimentas variadas moídas

Salteei os cogumelos com manteiga e temperei com sal e pimentas moídas. Tirei o excesso de água que eles soltam e reservei. Depois que já estavam macios, coloquei o alho, a cebola e os pimentões tudo junto. Esperei ficarem macios e servi.


Todo o meu amor aos cogumelos.


Com o líquido que sobrou eu bati um ovo e fritei. Foi bom porque não precisei temperar, mas ficou com uma corzinha feia.

10 comentários:

  1. Flávia! Que querida você é. Sempre te achei de uma doçura absurda e, sinceramente, acho que a nuvenzinha carregada que se posiciona sobre a sua cabeça nos dias em que tudo dá errado é um charme só seu. Olha só o nome desse blog: não é uma querida uma pessoa que fica puta e vai cozinhar? Que consegue fazer a raiva passar cortando tomates, curtindo a beleza interior dos pimentões e refletindo sobre a versatilidade dos fungos?
    Sou sua fã!
    Beijão, Sarah

    ResponderExcluir
  2. Sarah, querida! A primeira coisa que fiz hoje foi ler seu post, mas não comentei. Acho que rolou uma sintonia! haha.

    Obrigada pelas palavras sempre tão lindas. :)

    ResponderExcluir
  3. Ficaram lindões, hein! Vi ontem foto no twitter e fiquei só imaginando o que viria :)

    PS: Bom que agora sei exatamente onde fica o Bronco Billi e acho q sábado rola de ir às compras e quem sabe um café no Metropolis. Se estiveres por aqui, let me know!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Gabai, justo nesse final de semana vou pra Jaraguá! Que tal um café na outra semana?

      Beijo!

      Excluir
  4. Linda as fotos mas acho que você fez um montão! Congelou um pouco p/ namorado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comi no almoço do outro dia, né, Chile! hahaha

      Excluir
  5. As fotos tão lindas, o Clint é o amor da minha vida (ok, um dos), e to numa onda de aprender a gostar dos outros cogumelos além do Paris.
    :)

    Adorei o post, vou tentar preparar algo assim aqui em casa.
    Mas não acho cogumelo fresco com tanta facilidade. Talvez nos mercadinhos da Liberdade.
    Nesse sábado, se tudo der certo, vou na feira. Aí vai ser aquela festa. hahah
    Muita fruta, muita verdura, muita folha, só alegria.
    Fora as polpas de frutas malucas que eu trouxe congeladas lá da casa do meu pai.

    To com aquela saudade. Prometo escrever.

    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguardo seu e-mail contando das frutas malucas, Flo!

      Saudade bem grande. :)

      Excluir
  6. Cheguei hoje no Brasil e já tô morrendo de saudade dos cogumelos paris baratos do carrefour :(
    Que lindeza de post, Flavia. Please, continue postando coisas vegetarianas, tô tentando comer menos carne :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar, Luisa! Depois conta o que você anda fazendo pra comer, fico curiosa pra saber o que as pessoas inventam, o que você comia por lá, etc. :)

      Excluir