12 de setembro de 2012

comida colorida: purê de batata com linguiça e alho

Eu já perdi a conta de quantas vezes falei que amo batata. Como até sem sal, só cozida com casca. Piro. Sei lá o porquê. Acho que é porque sou de um lugar em que os alemães, suas salsichas e batatas são maioria na cidade.

Esse purê é, na verdade, pura gordice. Vai manteiga, vai linguiça e no dia que fiz, comi tudo de uma vez. A linguiça é defumada e vem lá do açougue do Bosse, de Corupá. Tinha uma congelada que fui usando aos pouquinhos, como nesse rango.





O purê é como sempre: batatas (usei cinco), leite, manteiga, sal e noz moscada.

10 rodelas finas de linguiça defumada tipo patê (sem a pele)
1 dente de alho esmagado e picado
½ cebola pequena em fatias finas
pimentões coloridos em cubinhos
sal e pimentas moídas


Com a frigideira ainda fria e em fogo baixo, coloquei a linguiça e tampei. Ela vai começar a soltar a gordura lentamente, então não precisa de óleo nem azeite. Adicionei o alho, a cebola e os pimentões, mexi e tampei a panela, deixando os ingredientes refogarem/fritarem na própria gordura da linguiça (não falei que era gordo?). Depois montei um prato com uma camada de purê, uma de recheio e outra de purê.

3 comentários:

  1. Que saudade de ti... Por onde andas?
    Adorei o recadinho no blog :)
    Um beijão,
    Sarah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sarita! Tô em Curitiba. Chega mais, marca um café da tarde. :)

      Excluir
  2. Mais um comentário: Fiquei com fome de ver esse teu post...

    ResponderExcluir