27 de janeiro de 2013

o nosso hot soy ou a maldição da soja

Bem simplinho: palta, molho e purê de batata.
E de vez em quando uma boa dose de catchup e mostarda com mel pra disfarçar a falta de sabor da salsicha.

Não sou fã de soja e todo mundo sabe. Mas existem concessões que a gente faz quando quer muito ver alguém feliz por comer uma coisa que há quase um ano não comia: cachorro-quente. Apelidei de hot soy porque sou metida a trocadilhos e o lanche teve direito a todos os acompanhamentos do sanduíche tradicional, como purê de batata e batata palha. Fizemos até a infalível palta chilena. 

Na panela, o hot soy, ao lado, os pães e alface.
Abaixo, palta chilena, a batata palha, o catchup orgânico (não compre, faça), mostarda com mel e o purê de batata com cenoura.
Este foi um cachorro-quente quase vegano. Quase porque a salsicha de soja leva clara de ovo na composição, mas foi a única que achamos. Vende lá no Mercado Municipal, num lugar que chama Kalloria Zero. Lá também tem uma maionese vegetal que eu acho mais saborosa que as Hellmanns da vida, além de outras coisas em soja pra quem procura uma "alimentação mais ética", como costumam dizer. Acho justo, mas ainda não me pegou.

É mais caro, é estranho no começo (quem prefere mastigar uma coisa esponjosa e sem sabor no lugar de um bife? é força de vontade MESMO) e, quando eu preparo, tem que ter muita fome para repetir o prato. Nos restaurantes que frequento, como o Balarama, o Formosa e o Greenland, a soja fica tão gostosa que nem dá pra dizer que a porcaria que eu faço tem a mesma matéria-prima da comida deles. Preciso descobrir o segredo.

Eu e o Chile resolvemos comer em casa no sábado. Preparamos juntos: fiz o molho enquanto ele preparava a palta e o purê de batata.  O Chile ficou faceiro feito pinto no lixo e comeu mais da metade dos oito pães franceses que compramos (quando geralmente a gulosa sou eu). Prova de que a soja bem acompanhada dispensa desculpas... mas nesse caso, nossa desculpa foi fazer cachorro-quente só pra ter momentos como este:

Gordice!


As fotos são do Chile, acho que vocês notam pela qualidade. Dito isto, vamos às receitinhas & relatos:


Hot soy
8 salsichas de soja
2 dentes de alho
3 cebolas pequenas (uma bem picadinha, as outras em rodelas mais grossas)
5 tomates picadinhos
2 colheres de sopa de extrato de tomate (ou purê de tomate ou mais tomate ou ainda molho de tomate pronto)
alecrim, páprica picante e sal a gosto (coloque aos poucos pra não ficar muito forte)


A salsicha não é deliciosa, por isso, se você for fazer, pique ela bem menor que isso. Mesmo. Depois não diga que não avisei. Aí refogue com azeite de oliva, alho e cebola até começar a grudar no fundo. Acrescente o tomate e mexa bem. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por uns 10 minutos ou até a salsicha ficar macia. Acrescentei o extrato de tomate (que na verdade era um catchup orgânico que custou 10 dilmas e não valeu nem um pouco a pena porque tinha gosto de extrato de tomate) e deixei o molho ficar mais denso. Antes de desligar, temperei e mexi bem.





Purê de batata vegano
5 batatas pequenas
1 cenoura média cortada bem pequena
sal, noz moscada e leite de coco

Corte as batatas e a cenoura de forma que fiquem prontas juntas: a batata pode ir inteira, enquanto a cenoura deve ser picada bem pequena, tipo em cubinhos. Cozinhe tudo até ficarem bem macios. Amasse, tempere com sal, noz moscada e use o leite de coco para dar o ponto desejado. Não usei mais que duas colheres de sopa. É só não encharcar o purê que não vai ficar com sabor de coco.






Palta
sal e azeite de oliva

Pode não parecer, mas isso fica tão gostoso que vicia. Tente comer um pão fresco levemente tostado com uma porção generosa de palta e você saberá do que estou falando.


Um "canapé" guloso do Chile.

3 comentários:

  1. gente, fiquei curiosa com esse purê. Não vai margarina? e não fica com gosto de coco?

    beijoooo (fotos fofas <3)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nucada!

      Então, não compro margarina, acho um troço muito ruim. E não dava pra usar manteiga, porque o Chile não come. Fica macio com o leite de coco (é gorduroso também, então ajuda) e não dá gosto, não. Se testar e achar que falta dar o ponto, coloca manteiga ou margarina sem dó. :)

      Excluir
  2. To com fome desde o meio dia mas ainda não saí da frente do computador porque - tristeza das tristezas - to com muita preguiça e nenhuma inspiração. Ô vida.
    Também acho que soja é o caos, mas eu experimentaria essa versão de cachorro quente sem preconceitos, juro.
    Outro dia fiz pão e não tinha azeite, nem manteiga nem nada pra pôr por cima. Aí esmaguei um pedaço de abacate com o garfo, joguei um salzinho e achei ótimo :)

    ResponderExcluir