15 de fevereiro de 2013

um desafio: bolo de granola vegano

Um bolo branquelo e fofinho.

Eu tinha um texto na minha cabeça pra falar desse bolo, mas já nem lembro mais porque faz duas semanas que ele acabou. No dia que preparei só lembro de pensar no quanto eu precisava usar dois ingredientes que estavam agonizando na geladeira: umas ameixas e uma garrafa de leite de coco. Aí que aqui em casa a granola é abundante e, pra ser bem sincera com vocês, eu até gosto de granola, mas tem dias que eu quero é comer pizza no café da manhã e não ser saudável ou mastigar coisas crocantes. Então usei um pouco de granola pra me sentir menos culpada. Façam o mesmo. Funciona.




Fiz uma forma grande e levei em pedaços pro trabalho. Diz o povo que gostou. Passei receita pra Samara, uma colega que é um doce de pessoa e que, descobri na semana passada, tem uma mão pra bolo! O que ela fez ficou muito melhor que o meu. Explico na receita como fiz e como pensei que seria o ideal para fazer. Como era uma noite de experimentação e o desafio era usar o que tinha em casa, não é de se estranhar que tenha ficado como ficou. Mas a minha versão fica comestível, não precisa fazer igualzinho.

Como já diz o título dessa postagem, a receita é vegana. Não vai nada de origem animal que praticamente toda receita de bolo tem, como ovo e leite. No lugar dessas coisas, usei banana (só tinha uma, mas deu liga) e leite de coco, que é gorduroso e ajuda a dar consistência na massa. Eu particularmente fiquei feliz com o resultado. Não é um bolo que cresce, mas é um bolo que alimenta (ou "embucha", como diz meu pai -- essa foi pra você, Flora!).


1 + 1/2 xícara de granola
2 + 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de açúcar (usei cristal, mas fica melhor com mascavo)
400 ml de leite de coco
1/4 xícara de água (coloquei dentro da garrafinha do leite de coco pra aproveitar cada gota. não sou de desperdiçar)
1 banana madura em rodelas (fica melhor com mais uma ou duas)
1/2 xícara de ameixa sem caroço e sem casca
1/2 xícara de castanha-do-pará quebrada
1 colher de sopa de fermento químico
óleo e canela em pó para untar a forma
frutas secas para decorar

Primeiro, misturei a granola, o trigo e o açúcar, depois o leite de coco e a água. Bati com as frutas e a castanha. Dá pra usar mais banana e nenhuma ameixa ou trocar por outra fruta de sua preferência. O importante da banana é dar liga mesmo, além do sabor. Por fim, adicionei o fermento, bati levemente e despejei numa forma untada com óleo e com canela em pó. Decorei e assei por 40 minutos a 180 graus em forno pré-aquecido.


Versão da Samara para a minha receita. Ela usou mais banana e açúcar mascavo, por isso a cor. Ficou tão mais gostoso que o meu que essa receita deveria se chamar 'bolo de granola da Samara'.

3 comentários:

  1. Teu pai! :)
    Tão figura. haha

    Ei, não entendi se a ameixa é fresca ou seca.
    Tô com fome.

    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fresca, Flo. Se fosse seca aguentaria mais tempo e não precisaria usar com urgência.

      Excluir
    2. Aaah, boa.
      To feliz que minha cozinha anda bastante acompanhada.
      Agora que tu foi veio minha mãe. :)
      E logo mais vai ter bazar, e zás...

      Excluir