25 de março de 2013

invenções: torta de polenta recheada com legumes

Casquinha em cima, recheio úmido e fofinha embaixo!


Faz tempo, muito tempo (um mês é muito tempo pra mim) que fiz essa torta, e como inventei na hora e não anotei, vou escrevendo de cabeça. A ideia era não usar nada de origem animal, como tem sido ultimamente. É um exercício muito bacana, porque pouca coisa é impossível. Claro, tenho meus desentendimentos com a soja; sim, é difícil achar alguns substitutos (como para o ovo - e não venham me falar de linhaça!); mas e quem disse que os pratos têm que ficar parecidos com o da receita original?

Essa aqui não é o caso, porque parti da polenta instantânea pra fazer uns bolinhos salgados recheados que se tivessem sido feitos com ovo e leite teriam ficado quase iguais. Depois fiquei pensando se não deveria ter misturado bem a massa ao recheio e assar como muffins em vez de ter feito duas camadas de massa abraçando esses legumes. Fica pra uma próxima.





Recheio
1/2 couve-flor pequena picada
1 cenoura ralada
1 abobrinha ralada
1/2 cebola picadinha
3 dentes de alho picadinhos
1/2 pimentão vermelho em cubinhos
1/2 pimentão amarelo em cubinhos
sementes de cominho, coentro fresco e sal

Refoguei no azeite de oliva o alho, a cebola e os pimentões com as sementes de cominho e sal. Deixei soltar um pouco da água e coloquei a couve-flor e a cenoura. Tampei e deixei cozinhar um pouco no vapor. Depois acrescentei a abobrinha e mexi bem, até ela ficar mais macia - coisa de um minuto. Desliguei o fogo e coloquei o coentro fresco. Reservei.





Massa
1 xícara de polenta instantânea
3 de água
alecrim a gosto
2 colheres de sopa de gordura de coco
farinha de trigo para engrossar
1 colher de sopa de fermento químico

A polenta eu fiz da maneira de sempre: água, fubá, sal e alecrim, mexendo em fogo baixo até engrossar. Depois de pronta, desliguei o fogo e fui acrescentando a gordura de coco e o trigo até ficar mais espessa e parecer com uma massa. Deixei esfriar um pouco e misturei o fermento com cuidado.


Forrei as forminhas de silicone até a metade com a massa, coloquei um pouco de recheio e tapei com mais massa. Assei em forno a 180 graus por quase uma hora. É bom fazer o teste do palito neles. Essa receita rendeu seis forminhas do tamanho abaixo e uma de bolo inglês.

Nhac!

4 comentários:

  1. Só li as figuras e o título.
    Amei de paixão.

    Ta linda linda de morrer na foto. :*

    ResponderExcluir
  2. Que delícia, hein, Flávia? E ainda por cima ficam lindinhas! Esse recheio tá mega apetitoso, vontade de comer de colher.

    ResponderExcluir
  3. To afim de fazer essa torta ou essa http://estupidoce.blogspot.com.br/2012/10/torta-de-legumes-um-classico.html ou essa sopa http://estupidoce.blogspot.com.br/2012/12/sopa-medonha-de-abobora-com-mel.html

    Qual a melhor no quesito tempo/preço/gostosura?

    :B

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De facilidade é a sopa, de preço também, de gostosura, todas! rs

      Excluir